segunda-feira, 27 de agosto de 2012

IMÃ!?


O dia ficou longo...então conseguimos enxergar o que havia no ar...
Frio...chuva fina...fumaça queimando...em todos os lugares..
Pessoas caídas...desmoronadas...buscando uma alegria esquecida..
Beleza maquiada...casca dura por fora...mas infeliz.....amarga por dentro..

Não havia como ficar fora desse cenário...
Tão "comum"...e ao mesmo tempo tão desigual..
Ver diluir a vida...que apenas começou..
Curtir tudo em uma noite apenas...

Parece que o mundo vai acabar...
Uns não querem ver...queimam seus sonhos...em intervalos de êxtase..
Parece que a vida desgastada vai sair pela boca...em pequenos pedaços gosmentos...

Como ficar de fora e não agir...
Tentar intervir nesse vazio profundo do homem...
Impedir a destruição...
Lançar notas....palavras que as tragam de volta ao caminho...

A Tua interferência nos leva a estar no olho do furacão...
Onde ninguém quer ir...falar com quem não quer ouvir...
E berrar o Teu amor aos quatro cantos da casa...

Teu vento corre e carrega aqueles que são atraídos...

Como imã envolvidos.....param por minutos... segundos...
Espalham-se as sementes...
Aqueles que querem são usados ao teu favor...

Não importa quanto tempo levou...
Viu florescer....
Se até desanimou....porém permaneceu...perseverou e com paciência...
Vai se alegrar de colher...porque Ele usa quem ele quer...basta querer..

"Abri os olhos e vi...o que jamais esperei ver...e por mais que o tempo tente...
Jamais vai apagar... O que sonhei...pude realizar"!!!!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário