terça-feira, 28 de maio de 2013

VENTO FRIO!

Tortura de dias...de dores sem fim..
Flores secas..palavras que ferem..
Como um vento frio que corta..

Madrugada interminável...sonhos aflitos..
Despertados num grito..
Parecia tão real..

E o medo que assola..um longo vale da sombra..
Solitário e repleto de perguntas..
Multidão ao redor ...e o frio continua..

Palavras são apenas palavras..
E o mesmo vento Te traz...
E o medo vai embora..

Não deixa se evaporar em pensamentos...
Renova o ar..
Acalma a tempestade...

Ensina a esperar...ainda é o tempo de regar...
O tempo nunca erra...
Em breve a colheita vai chegar..

Os ventos mudam...e o medo vira nosso amigo..
Para nunca esquecer de lembrar..
Que caminhar seguro..é somente Contigo!

quinta-feira, 9 de maio de 2013

RECORDAÇÕES DE PRESENTE!


MÃ...MA-MA...MAMÃE!
Ouvir a sua voz pronunciar...
Nossa...aprendeu a falar..

Nem parece aquela pequena sementinha..
Indo de um lado para o outro..
Que não parava de mexer, saltar, chutar..
E como chutava.. Como se quisesse pedir algo...
Reclamar de espaço..

É estranho gerar alguém..
Ver o corpo mudar..
Abrir mão de outras coisas...
Pra ser exclusivo para alguém...
Carregar um sonho em tempo integral..

Sentir enjoo...ter vontade de chorar e rir ao mesmo tempo..
Despertar instintos que não se acreditava ter..
E Proteger..

Como alguém pode não querer? Descartar...
A vida não é descartável!
Esse é o Presente mais especial  que se pode receber..
Muitas vezes solitário..

Privilégio recompensado com seu primeiro olhar..
Seu sorriso (sem dentes)...até o chorinho querendo pedir..
Ensinar.. é assim que vai ser..

Os pezinhos cabiam na palma da mão...
Quanta Responsabilidade..
Agora somos papai e mamãe de verdade.

Consagrado a Ti será...Pois sem a Tua intervenção
Não podemos cuidar..
Olhando hoje...como você cresceu..
O pé esta quase do tamanho do meu...
Mas ainda é tão indefeso...

Não cabe mais sobre o peito..
Mas mora dentro do coração!!!

Obrigada pela honra de ser mãe!