sexta-feira, 2 de outubro de 2015

MÃOS ESTENDIDAS?!


Dias de mais observar e refletir..
Sensação de Inutilidade
Muitos dedos apontados..
Parece estar no piloto automático..

Deixar tudo em tuas mãos..
Dá a sensação de proteção..
Tira nossa responsabilidade..
Não nos comprometemos..
Transferimos tudo pra Ti..

Vimos tantas mãos estendidas..
A história nos remete as coquistas..
Um povo que avançou.

Quando ao povo protegeu de tantas batalhas..
E o homem segundo o teu coração adorou..
Braços estendidos em honra, em clamor
Para que um exército marche..

Mesmo na despedida.
Ele com suas mãos ao povo
Abençoou..

Mas aos poucos foram se encolhendo..
Nossos braços estão Cansados..
Nosso clamor silenciado..

Mas Tua ordem foi clamar
Te buscar em todo lugar
Dividir nossas cargas..

Parecemos filhos bastardos..
Mascarados, Ingratos..
Com medo de assumir
Quem pagou com sangue tanto amor..

Que o Teu reino venha e mude atitudes.
E a Tua vontade nos torne gratos pelo pão, pela vida
O Perdão, eminente
E livra-nos...de nós mesmos!

Que a insistência do pedir,faça abrir as portas..
E a busca frenética..
Encontre em Ti..
Respostas para todos os dias!!!!!

quinta-feira, 6 de agosto de 2015

PETRA


Em meio a poeira... gritos de terror
Uma multidão incontida, alterada.. pedindo execução
Ao fundo... um rosto triste
Aguardando a cena de horror

Lapidação,
Dolorosa e lentamente
Lei que condena, mata
Cultura recente, de um povo que faz justiça com as mãos
Escravos da Lei, juízes da religião

A Tua "blasfêmia" quase te levou ao fim...ainda não era a hora.

Parece estranho estar chocado
Mas, a todo momento lançamos sutilmente
Por todo lado..
Não importa o tamanho

Nosso bolso esta cheio de pedras!

A toda hora vimos e ficamos calados
Extremistas fanáticos
Matando ao nosso lado

Olhares, palavras, ações..
Julgamentos e pedras
Literalmente..

A Tua reação... é um alerta
Teu silêncio.. disse mais e ensinou
Que te adorar... é pedir perdão,
Perdoar!

Que tudo que disser
Que tudo que fizer
É insuficiente para honrá-lo

A nossa transformação é ficar cada vez mais..
Parecidos com Você!!!

quarta-feira, 29 de abril de 2015

ROTEIRO DE NÓS DOIS


O amor é como óculos..que o coração aumenta..
Faz enxergar...filtra as imagens..
" Só se vê melhor com o coração.."

Um roteiro minuciosamente traçado..
Preparado...construído
Uma vida a ser contada..
Não basta a ideia criativa..
Precisa mais..ter foco...estilo..sentimento

Delicadeza vista em cada detalhe..
Em cada movimento capturar o coração..
Emocionar!
Os olhos não vêem..mas sentem...transbordam

Ações diárias, edições esculpidas dia a  dia...
No caminho...um lindo caminho..
Tocar o coração um do outro..
Com respeito e admiração ao longo de uma vida..

Parceria firmada...elenco completo..
Dá-se continuidade ao roteiro...
Cada imagem, cada som..no seu lugar
Perfeito...uma belíssima obra!

Uma linda história a ser contada...vivida...
Detalhada...continuada..
Uma nova família se projeta
Inspirada e inspiradora!
Sejam felizes e abençoados todos os dias!
Com muito Amor!!!


quarta-feira, 25 de fevereiro de 2015

RESSURGIR!


Lá no fundo ainda Pulsa..
Vontade de estar junto com Você..

Mas o coração entristecido e frustado
Busca, um novo Alento..
Respostas e Motivos..
Para justificar a desilusão
A descrença..

Você estava tão perto..
Andando ao lado..
Mas não pudemos enxergar..

Nossos olhos tristes..
Viram outras coisas..
Ao longo do caminho
Fugiram..

O peso da cruz parecia o fim..
O desânimo tomou conta
Não podemos Ressurgir!

Tua aparência cansada, sofrida e ferida
Foi totalmente transformada
Já não se via mais ali

Não te reconhecemos ao caminhar
Tão juntos no caminho
Distantes no olhar..

Tua voz parecia outra
Tão longe
Tão perto estava

Quando insistimos;
- Fica conosco, a noite já vem..
Jantaremos...tens pousada
Repouso

Nossos olhos se abriram
E em nossos corações
Fez morada!!

domingo, 8 de fevereiro de 2015

ACORRENTADO!


De longe se ouvia o barulho das correntes
Pesos espalhados na rua
Pessoas moídas, desfiguradas
Carga aumentada nas esquinas da vida

Por todo lado escorregam, rastejam
Escravos do ouro dos espelhos
Carne vendida a preço de banana

Medidas desmedidas
Confusas
De um corpo nada perfeito

Tempo que falta, não sobra
Separa, Divide emoções
Tempo perdido!

E olhando pra trás...
Tantas obras inacabadas...abandonadas..
Tantas  palavras não ditas..que o vento levou..
Mas que pesam na mente..

E o peso só aumenta..
Lembranças acumuladas em caixas desorganizadas

Por que sofrer...se livre nasceu..
Por que lutar e se cansar...se o teu peso é leve
Por que resistir ao amor...que o maior dos pesos carregou
De verdade nos libertou...abriu as portas...
A cada dia o medo vai embora..
Somos livres!!!!

quarta-feira, 7 de janeiro de 2015

PANELA DE PRESSÃO


Dias de pressão sem fim,
Carteira vazia, língua queimando
Tristeza de ver a fome da calçada do mundo
Olhares plantados em mim

Ruas cheias de cor de rosa e azul
Para alertar da dor, de prevenir a explosão
Uma epidemia de pesadelos

Ver gladiadores sentados na TV
Sugando a seiva, matando o homem
Sangue que escorre no deserto
Nos lençóis brancos e finos da guerra fria
Reféns do fogo das ruas

Parece que vai explodir!

Sabíamos dessas aflições
Dessa parte indigesta do processo que não queima etapas
Acontece!

Que prova se o sentimento é verdadeiro
Se somos parte integrante do movimento
Como grão selecionados
Animados pela esperança de palavras

Fortalecidos para enfrentar o mundo
Para vencer o mundo como você venceu!

De sabor inigualável
Cada um tem seu segredo, ingrediente especial
Para potencializar o sabor
Seu dom, seu talento

As angústias são temporárias
Atacados, mas não destruídos
Tuas promessas permanecem
Encontramos socorro em Ti

Como suportou a pressão
Sem falar nada ficou
Permaneceu integro
Inabalável!!!!