quinta-feira, 6 de agosto de 2015

PETRA


Em meio a poeira... gritos de terror
Uma multidão incontida, alterada.. pedindo execução
Ao fundo... um rosto triste
Aguardando a cena de horror

Lapidação,
Dolorosa e lentamente
Lei que condena, mata
Cultura recente, de um povo que faz justiça com as mãos
Escravos da Lei, juízes da religião

A Tua "blasfêmia" quase te levou ao fim...ainda não era a hora.

Parece estranho estar chocado
Mas, a todo momento lançamos sutilmente
Por todo lado..
Não importa o tamanho

Nosso bolso esta cheio de pedras!

A toda hora vimos e ficamos calados
Extremistas fanáticos
Matando ao nosso lado

Olhares, palavras, ações..
Julgamentos e pedras
Literalmente..

A Tua reação... é um alerta
Teu silêncio.. disse mais e ensinou
Que te adorar... é pedir perdão,
Perdoar!

Que tudo que disser
Que tudo que fizer
É insuficiente para honrá-lo

A nossa transformação é ficar cada vez mais..
Parecidos com Você!!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário