terça-feira, 8 de novembro de 2016

MÃOZINHAS!


Delicadas e pequenas, quase invisíveis
Solidárias e expressivas
Não precisa dizer nada, são!
Cada vez mais parecida com Você

Grandes mãos, superpoderosas
Há muito que aprender
Observar e copiar
Você disse pra deixar vir

É uma escolha diária
Hábito aprendido
Sentido
Vestido!

Gentil como seu presente
Como queremos receber
Banho que limpa, clareia
Esclarece!

Singelas mãozinhas, tão pequenas ainda
Não há como esquecer
Mãos que abrem caminhos, nos ajudam a passar
Leva-nos mais longe onde devemos chegar

Constroem casinhas de amor
Tocam fundo no coração!

Não teremos medo
Vamos juntos
Pois Você estará conosco todos os dias...
Através dessas pessoas.